terça-feira, 31 de agosto de 2010

Me fez rir!


Que graça... resolvi montar a tirinha com
uma frase que vi no twitter hahaha
gracinha!

31|08 BlogDay !!!

Blog Day 2010
CELEBRATE THE 4th BlogDay ON AUGUST 31st
(deixa eu explicar!)

O que é o BlogDay?

BlogDay foi criado na convicção de que os bloggers deverão ter um dia dedicado ao conhecimento de novos blogs, de outros países ou áreas de interesse. Nesse dia os bloggers recomendarão novos blogs aos seus visitantes.

O que acontecerá no BlogDay?

Durante o dia 31 de Agosto, bloggers de todo o mundo farão um post a recomendar a visita a novos blogs, de preferência, blogs de cultura, pontos de vista ou atitude diferentes do seu próprio blog. Nesse dia, os leitores de blogs poderão navegar e descobrir blogs desconhecidos, celebrando a descoberta de novas pessoas e novos bloggers.

Entrando na brincadeira vai aí minha dica:

Blogs TOP 5 que eu recomendo!



Tá afim de desabafar? Quer um conselho e não tem a quem pedir? Entra nesse blog você vai encontrar amigas para todas as horas!


Você é do tipo que curte unas Fics? Quer ficar ligado nas dicas sobre o mundo da literatura Estrageira? Saca só esse blog!



Sua parada é Design? Além de dicas e informações quer também se impressionar? Entra aqui ó!


Você é do tipo que não recusa uma boquinha? E que tal comer com muuuiiiito gosto? ain já deu agua na boca olha o blog dessa garota!!! Prendada essa menina.




Tá achando que só o seu mundo é diferente? Experimenta entrar no mundo de Carol.. hahahaha



A verdade é que tem um monte de blog que acho super legal! Para não ser injusta com eles te faço o convite para ver a lista de blogs e afiliados que tenho aqui no BLOG você vai gostar!
  
Quer participar da brincadeira também? Acesse:

E não esqueça de me indicar!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Eu Vi o Par Perfeito - Killers

Par Perfeito
Titúlo Original: Killers
Direção: Robert Luketic
Gênero: Ação
Duração: 90 min.
Distribuidora: Imagem Filmes
Elenco: Ashton Kutcher, Katherine Heigl, Tom Selleck, Catherine O'Hara, Martin Mull, Katheryn Winnick, Casey Wilson, LeToya Luckett.
Estreia: 27 de Agosto de 2010

Sinopse

Jen (Katherine Heigl), conhece o homem perfeito. Seu nome é Spencer (Ashton Kutcher - adoooooro), ele é bonitão, educado e inteligente. Mas o que Jen não sabe, é que Spencer ganha a vida como matador de aluguel, contratado pelo governo. Eles vivem o casamento dos sonhos até que em uma bela manhã, o casal descobre que Spencer é o alvo de um golpe milionário. O que parecia ser um Par Perfeito transforma -se num jogo de vida ou morte, enquanto eles tentam lidar com sogros, sogras, casamento, manter as aparências e ainda sobreviver.





Não poderiam contracenar com Par Perfeito outros atores senão Katherine Hiegl e Ashton Kutcher. Eles são protagonistas desta comédia romântica, Par Perfeito (Killers), a tradução para o protuguês não foi nem um pouco honesta...


Jen (Heigl) é uma mulher solteira que vive sendo atormentada pelos pais para encontrar o seu par perfeito para um casamento. Em uma viagem com a família para a bela Nice francesa, conhece Spencer (Kutcher), um bonitão (nossaaa e que bonitão - ressaltando que no filme tem bem 30min dele sem camisa, ufa!) numa missão no local. Só que o interesse de Jen é tão grande que ela não percebe, ou não parou para entender o que de fato Spencer fazia para ganhar a vida, ele se disse apenas consulto. Os pombinhos foram flechados e se casaram. Após três anos de casamento,um certo dia a cabeça de Spencer é colocada a prêmio. Ele se torna então alvo de outros matadores de aluguel, e terá que fugir para sobreviver. É então que sua mulher descobre em que de fato ele trabalha.

O filme, que tem a direção de Robert Luketic (A Verdade Nua e Crua), e a atuação do eterno Magnum, Tom Selleck, tem um roteiro super interessante, e muito divertido também. Nele o autor brincou com o fato das aparências enganarem, e da mentira para proteção do próximo.

Achei o filme muito divertido, e super leve, apesar de ser de fácil entendimento não vi mal algum em não precisar pensar tanto para resolver um mistério, e repito, o fato de Ashton aparecer semi nu em alguns momentos do filme deixa o filme muito atrativo.

Recomendo assistir ele com o namo.



by Deise

Tron - O Legado (Disney)


Quando a Disney comprou a Marvel, todo mundo pensou no licenciamento dos heróis da editora de quadrinhos em brinquedos e filmes. Mas o estúdio de cinema também estava de olho no mercado de gibis para seus produtos. E o primeiro lançamento da Disney na editora Marvel vai acontecer em outubro. Trata-se de um prelúdio do filme “Tron: O Legado”, que sairá em quadrinhos com o título “Tron: The Betrayal”.

A trama dos quadrinhos será ambientada entre a história do primeiro filme, de 1982, e a sequência.


Vamos relembrar?



Ainda não foram revelados os nomes dos roteiristas e desenhistas. As capas são de Salvador Larroca, dos comics do Homem de Ferro (“The Invincible Iron Man”). Veja a primeira imagem ao lado.

A história começa quando Kevin Flynn (papel de Jeff Bridges no cinema), presidente da Encom, a maior empresa de games do mundo, constrói um mundo virtual com programas vivos. Tudo muda quando o programa começa a ganhar vida própria. Para solucionar o problema, ele precisará da ajuda de seu velho amigo Alan Bradley (Bruce Boxleitner no cinema), conhecido como Tron.


A história em quadrinhos será lançada em dois volumes em outubro e novembro. Já o filme “Tron: O Legado” estreia em 3D no dia 17 de dezembro.


“Tron Legacy” vai se chamar
“Tron: O Legado no Brasil.


A grande novidade é que Master Control Program foi destruído no primeiro filme porque sua tecnologia estava obsoleta e foi substituído por um novo. O vilão do filme será a nova versão de Clu, que foi interpretada no primeiro por Jeff Bridges. O CLU 2.0 será igual ao original, foi criado uma versão rejuvenescida de Brigdes em por computação gráfica.
Agora a novidade mais interessante é que Jeff Bridges vai contracenar com sua versão jovem!
O ator Bruce Boxleitner vai aparecer no filme interpretando mais uma vez o personagem Tron, quem está fora da continuação é a Dra. Lora/ Yori interpretada por Cindy Morgan no original.
A continuação do cult dos anos 80, que trouxe o visual da computação gráfica ao cinema, destaca mais uma veículo virtual em seu mais recente cartaz – uma cybermoto.


Na trama, Sam Flynn (Garrett Hedlund) é um gênio tecnológico, que investiga o desaparecimento do seu pai Kevin (Jeff Bridges, protagonista da primeira versão) há 25 anos, que em pesquisas sobre o universo cibernético, acabou sendo ‘sugado’ para o mundo hi-tech que criou. Cabe a seu filho, encontra-lo. Sam acaba indo para o mundo virtual do primeiro filme e passa enfrentar os gladiadores do game. Pai e filho, com a ajuda de uma fiel confidente (Olivia Wilde), terão que vencer diversos desafios no universo cibernético se quiser escapar de um virtual destino trágico. Tudo chegará ás telas em 3D com direção de Joseph Kosinski e trilha da dupla eletrônica Daft Punk. Aguardadíssimo, “Tron Legacy” estreia no Brasil e nos EUA em 17 de dezembro.

By Deise

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Can't Take My Eyes Off of You - Muse

O Amor está  no ar!



Não consigo tirar os meus olhos de você...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

TRUE BLOOD e Rolling Stones - Tudo

A capa da próxima revista “Rolling Stone” americana deverá render comentários.


O trio mais quente das telinhas da TV, Alexander Skarsgard (Eric), Anna Paquin (Sookie) e Stephen Moyer (Bill), posaram sem roupa e com sangue fake para a próxima edição da publicação.
A publicação está prevista para chegar às bancas dos Estados Unidos em setembro.

A terceira temporada de "True Blood" estreou em junho e termina no dia 12 de setembro. No Brasil, a série é exibida no canal pago HBO.
O curioso é que Moyer, que aparece com as mãos nos seios de Anna, além de fazer par romântico com a atriz na trama, é seu noivo na vida real.

Bom... acho que já rolou comentários dá uma olhada na onda q os fãs tiraram hahahaa!!!


Sacanagem gente!


by Deise

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Série FALLEN - Nova aposta da Disney


Os estúdios Disney apostaram na série de quatro livros escrita por Lauren Kate. O primeiro título se chama “Fallen”. As obras contam a história da jovem Lucinda que, ao mudar para uma nova escola, se sente totalmente perdida entre os colegas novos.

 
Título Nacional: Fallen (melhor do que Caídos)
Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 406 páginas
Editora: Galera Record
Tradutor: Alda Lima
Título Original: Fallen
Ano de Lançamento: 2009
Número de Páginas: 464 Páginas
Editora: Delacorte Books for Young Readers

Sinopse:
Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no reformatório.
A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso – que provocou a morte de seu namorado – levou Luce até ali.rremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder— uma verdade que poderia matá-la. Algo que, em suas vidas passadas, Daniel não conseguiu evitar.





Entretanto, é nesse ambiente pouco confortável que ela conhece Daniel, por quem se apaixona a primeira vista, sem saber que ele é, na verdade, um anjo caído.
Para se diferenciar dos contos de fadas criados pela produtora norte-americana, “Fallen” vai ter um clima sombrio. A produção será de Mark Ciardi e Gordon Gray, por meio da Mayhem Productions. O valor da compra e a data de estreia da obra não foram divulgados.
Aparentemente, anjos são a próxima moda adolescente em Hollywood, visto que “Hush, Hush”, de Becca Fitzpatrick, outra publicação sobre seres celestiais, também está atraindo ofertas de estúdios.


Eu já li Fallen me falta Torment com lançamento em 28 de Setembro.



by Deise

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

FRINGE - essa série não tem "Fronteiras"


Fringe (a tradução seria Fronteiras - até q faz sentido) é uma série de televisão criada por J.J. Abrams (e o gênio criador de Lost e Alias). A série tem uma mistura de Arquivo X e Lost. Foi lançada dia 9 de setembro de 2008. Em 1º de outubro de 2008, foi anunciado a encomenda de uma temporada completa da série, que assim passou de 13 para 22 episódios, mas foi encurtada para 20 episódios, se encerrando em 12 de maio de 2009. A segunda temporada estreou em 17 de setembro de 2009 no estados unidos. Em 6 de março de 2010, a FOX renovou Fringe para sua terceira temporada, o que foi confirmado em 8 de março.

Entenda Fringe

É um drama que explora a tênue linha entre a ficção científica e a realidade. Quando um acidente aéreo ocorre em Boston, matando todos os passageiros e a tripulação de forma chocante, a agente especial do FBI "Olivia Dunham" (Anna Torv) é chamada para investigar. Depois que seu parceiro, o agente especial "John Scott", quase morre durante a investigação, Olivia procura desesperadamente por ajuda e acaba conhecendo o "Dr. Walter Bishop" (John Noble), considerado o Einstein da nossa geração. Só há um problema: Walter esteve internado em uma clínica psiquiátrica pelos últimos 17 anos e a única forma de questioná-lo é pedindo ajuda a "Peter Bishop" (Joshua Jackson), o estranho filho de Walter (e muito gato).

Quando a investigação de Olivia a leva à manipuladora executiva de uma megacorporação chamada Massive Dynamic, "Nina Sharp", esse trio improvável, ao lado dos agentes do FBI, "Phillip Broyles", "Astrid Fansworth" e "Charles Francis", vai descobrir que o que aconteceu com o voo 627 é apenas um pedaço de uma verdade maior e mais chocante.

Antes de te deixar com mais água na boca conheça os personagens principais.


Divisão Fringe

Olivia Dunham (Anna Torv) - Uma jovem agente do FBI designada para investigar uma série de fenômenos sem explicação aparente.

Peter Bishop (Joshua Jackson) - Um rapaz com um QI de 190, 50 pontos acima de gênio. É filho do Dr. Walter Bishop, com quem tem sérios problemas de relacionamento devido a uma infância conturbada por culpa do pai. Cético, e de vez em quando cínico é indispensável para a equipe por ser um "tradutor" das teorias de Walter.

Dr. Walter Bishop (John Noble) - Um renomado cientista (com um QI de 196) que trabalhou para o governo americano nos anos 1970, sendo responsável por experiências com a Ciência de Borda (Fringe science).

Phillip Broyles (Lance Reddick) - Um agente do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS) que lidera as investigações da Divisão Fringe.

Astrid Fansworth (Jasika Nicole) - é uma agente júnior do FBI que foi designada para a Divisão Fringe para auxiliar a agente Olivia Dunham e que também auxilia o Dr. Walter Bishop em seu laboratório e age como sua "tutora" nos momentos de ausência de Peter Bishop.



FBI

Charlie Francis (Kirk Acevedo) - Um agente do FBI que está ajudando Olívia nos seus casos. É como um irmão para Olívia.

John Scott (Mark Valley) - Um agente do FBI que tem um romance escondido com Olívia Dunham, mas que na realidade descobre-se que ele trabalhava como agente duplo.

Massive Dynamic

Nina Sharp (Blair Brown) - Trabalha há 16 anos na Massive Dynamic e é COO da empresa. Tem um grande respeito e admiração pelo seu fundador, William Bell, por ele tê-la salvo após um acidente e, também, ter criado um braço robótico para ela.

William Bell (Leonard Nimoy) - Membro do laboratório original do Dr. Walter Bishop e fundador e CEO da Massive Dynamic.


 
Continuando...

Por todas as partes do planeta, uma série de acontecimentos chamados de "O Padrão" (como, por exemplo, um bebê que é concebido, parido e morto de causas naturais em questão de horas) que tem razões e origens desconhecidas. "Olivia", "Peter" e "Dr. Walter" investigam esses eventos. A Massiva Dinamic, uma megacorporação, está conectada com os casos. Seu inimigo é ZFT (Zerstörung durch Fortschritte der Technologie), uma organização bioterrorista que está por trás de todos os estranhos acontecimentos, a fim de se preparar para uma guerra tecnológica destrutiva. No meio do enredo, foi desenvolvida uma droga, chamada Cortexiphan, que foi desenvolvido por Walter e seu parceiro, "William Bell" (fundador e CEO da Massive Dynamic), com a qual Olivia e vários outras crianças foram tratadas. A primeira temporada se encerra com o encontro de Olivia e William Bell em um universo paralelo, onde, entre outras diferenças, o World Trade Center não foi destruído pelos ataques de 11 de setembro. (enteressou? assiste... daíeu volto e falo da Segunda temporada, já eu espero pela 3ª temporada... fui)
 
 
by Deise

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Me fez rir!

Clica na imagem ela aumenta :)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

The Karate kid / 2010 - Eu vi!

Quando eu soube que o filho de Will Smith ia fazer mais um filme e ainda por cima Karate Kid, eu disse "genteeeee choquei" tinha que ver esse filme em primeira mão, e não perdi tempo.

The Karate Kid
Produção: Dany Wolf, Jada Pinkett Smith
Diretor: Harald Zwart
Roteiro: Michael Soccio
Fotografia: Roger Pratt
Trilha: Atli Örvarsson
Duração: 140 min.
Ano: 2010 - País: EUA
Gênero: Ação
Estúdio: Columbia/ China Film/ Overbrook / Jerry Weintraub Productions
Classificação: 10 anos



Sinopse

Dre Parker (Jaden Smith) é um garoto de 12 anos que poderia ser o mais popular da cidade de Detroit, Michigan, mas a carreira de sua mãe acaba os levando para a China.
No novo país, Dre se apaixona pela sua colega de classe Mei Yin, mas as diferenças culturais tornam essa amizade impossível. Pior ainda, os sentimentos de Dre fazem com que o aluno mais brigão da sala e prodígio do kung fu Cheng torne-se seu inimigo. Dre conhece apenas um pouco de karate e Cheng irá mostrar ao "Karate Kid" que seus conhecimentos não valem nada. Sem amigos numa nova cidade, Dre não tem a quem recorrer exceto o zelador do seu prédio Mr. Han (Jackie Chan), que é secretamente um mestre do kung fu.
À medida que Han ensina Dre que o kung fu é muito mais que socos e habilidade, mas sim maturidade e calma, Dre percebe que encarar os brigões da turma será a aventura de uma vida.

The Karate Kid conhecido como The Kung Fu Dream na China e Best Kid no Japão e Coréia do Sul (Karate Kid no Brasil), é um filme norte-americano e chinês dos gêneros ação e drama do ano de 2010. Dirigido por Harald Zwart e produzido por Will e Jada Pinkett Smith, o filme é estrelado por Jaden Smith e Jackie Chan.
É um remake do filme original de 1984. Com um orçamento de US$40 milhões, foi lançado em 11 de junho de 2010 nos Estados Unidos e com data marcada no Brasil em 27 de agosto de 2010.
Apesar de ser um remake, essa versão me surpreendeu na sua "simplicidade", divertido e porque não dizer também emocionante, do começo ao fim.
Jaden Smith que já suou com seu pai Will Smith (Adoooro) em À Procura da Felicidade [ The Pursuit of Happyness], com Keanu Reeves em O Dia Em Que a Terra Parou [ The Day the Earth Stood Still], e agora com o grande Jackie Chan em Karate Kid, sabe muito bem o que anda fazendo. (um fofo esse garoto)

Música

A música oficial do filme é "Never Say Never". Ela foi escrita por Adam Messinger e produzida pelos The Messengers. Foi cantada por Justin Bieber e Jaden Smith. O vídeo clipe foi divulgado em 31 de Maio de 2010.
"Remember the Name" por Fort Minor foi utilizadam no trailer para promover o filme. "Hip Song" cantado por Rain foi utilizada para promover os países da Ásia e apareceu no trailer do filme. O vídeo clipe foi divulgado em 22 de Maio de 2010.




Não dá pra falar dessa versão 2010 sem trocar umas idéias do no clássico com o amigo Daniel Sun.

Karatê Kid - A Hora da Verdade
Titulo original: (Karate Kid)
lançamento: 1984 (EUA)
direção: John G. Avildsen
atores: Ralph Macchio, Pat Morita, Elisabeth Shue, Martin Klove, Randee Heller
duração: 126 min
gênero: Aventura
status: Catálogo



Sinopse


Daniel Larusso (Ralph Macchio) e sua mãe (Randee Heller) recentemente se mudaram de Nova Jersey para o sul da Califórnia. Porém, Daniel não consegue se ambientar em sua nova morada, até que conhece Ali Mills (Elisabeth Shue), uma garota atraente que gosta dele. Porém, a situação de Daniel se complica quando o ex-namorado de Ali, Johnny Lawrence (William Zabka), e sua gangue começam a atormentá-lo. Um dia, quando é cercado pela gangue de Johnny, ele é salvo por um Miyagi, um veterano japonês (Pat Morita) mestre na arte do karatê. Disposto a ajudar Daniel, Miyagi resolve passar-lhe os ensinamentos do karatê, para que ele possa se defender da gangue de Johnny.



Você viu?


The Karate Kid, filme de 1984

The Karate Kid, Part II, filme de 1986

The Karate Kid, Part III, filme de 1989

The Next Karate Kid, filme de 1994


by Deise
Fonte Wikipédia

Vampires Suck (Os Vampiros que se Mordam) - Trailer HD [Legendado]

Tava demorando... mas, está muito bom!


domingo, 15 de agosto de 2010

Eu vi - A Origem

Não podia perder mais tempo, e fui logo conferir a novidade da Warner com o notabilíssimo Nolan.

A Origem
Título Original: Inception
País de Origem: EUA / Reino Unido
Gênero: Ação / Romance
Tempo de Duração: 142 minutos
Estréia no Brasil: 06/08/2010
Site Oficial: Site
Estúdio/Distrib.: Warner Bros.
Direção: Christopher Nolan


Sinopse

Don Cobb (Di Caprio) é especialista em invadir a mente das pessoas e, com isso, rouba segredos do subconsciente, especialmente durante o sono, quando a mente está mais vulnerável. As habilidades únicas de Cobb fazem com que ele seja cobiçado pelo mundo da espionagem e acaba se tornando um fugitivo. Como chance para se redimir, Cobb terá que, em vez de roubar os pensamentos, implantá-los. Seria um crime perfeito. Mas nenhum planejamento pode preparar a equipe para enfrentar o perigoso inimigo que parece adivinhar seus movimentos. Somente Cobb é capaz de saber o que está por vir.

Eu acho que um bom filme é aquele que no final, deixa você com um turbilhão de sentimentos para processar.

Tudo que fez o diretor foi certeiro, ele conseguiu encontrar as pessoas certas para os trabalhos certos. Aliás, o próprio Nolan é o grande acerto do filme. Dono de uma carreira curta mas invejável (O Cavaleiro das Trevas , Amnésia, Insônia, Batman Begins e outros) ele é um diretor que será sempre lembrado quando, no futuro, comentarem sobre grandes nomes do cinema. O trabalho em dobro que ele teve em A Origem (também é roteirista) é simplesmente incrível. Esse foi o melhor filme que vi esse ano. Diga-se de passagem, estava perfeito em tudo, o efeitos visuais não foram economizados. Impressionante. Eu costumo muito pensar na sensação que tenho em relação a duração do filme. Por exemplo, o filme me deu a sensação de ser longuíssimo, mas não foi cansativo, o tempo todo me manteve interessada em saber mais, entender mais.

Leonardo DiCaprio arrasou. Assino na idéia em que esse é o tipo de personagem que Di caprio deveria sempre fazer, como em Diamante de Sangue e em Ilha do Medo.Tem uma cena em que Gordon-Levitt se movimenta dentro de um hotel sem gravidade, praticamente o clímax do filme! O restante do elenco, Ken Watanabe, Cillian Murphy, Marion Cotillard e Ellen Page fazem o bom trabalho habitual. O filme até joga uma ponta especial para Michael Caine (é impressão minha ou ele sempre está nos filmes desse diretor?), em algumas rápidas mas importantes aparições.

Um sonho dentro de um sonho dentro de um sonho… E cada sonho possui um custo de tempo diferente. É fácil para qualquer um ficar confuso no final do filme. Mas conseguiram fazer um produção limpa, clara, facilitou e muito o entendimento do filme. Este filme não vai agradar a para todos. Não sou uma critica reconhecida nem nada, mas me considero uma. Tento passar minhas emoções me relação ao que vejo. E repito, esse filme não vai agradar a todos, mas acho ele genial. Se você vai assistir esperando que o próprio filme vai te explicar os acontecidos, vai tirando o cavalinho da chuva, não faz o estilo de Nolan, ele é do tipo “para bom entendedor meia palavra basta”.

Conhecer um pouco dos personagens

Por se tratar de uma história com várias camadas e com passagens de tempo diferentes em cada camada é importante conhecer os personagens para não se perder..


Dom Cobb – O Extrator (Leonardo DiCaprio)
Cobb é o líder da equipe


Mal Cobb – A Sombra (Marion Cotillard)
Mal é a esposa de Cobb.


Ariadne – A Arquiteta (Ellen Page)
No filme, o arquiteto é o responsável por criar – literalmente – o mundo dos sonhos.


Arthur – O Armador (Joseph Gordon-Levitt)
Braço direito de Cobb.


Eames – O Falsificador (Tom Hardy)
Seu trabalho de falsificador é de vital importância para o andamento do plano


Robert Fischer – O Alvo (Cillian Murphy)
Robert é filho de Maurice Fischer, um mega-empresário dono de uma corporação da indústria de eletricidade


Saito – O Turista (Ken Watanabe)
Saito é quem contrata Cobb para implantar a idéia n’O Alvo.

Termina assim

Após conseguirem completar a missão, tudo ocorre como o planejado: eles desembarcam no aeroporto e Saito consegue retirar as acusações de Cobb, que finalmente consegue reencontrar com seus filhos. Mas para ter certeza de que não se trata de um sonho, ele gira o pião (o seu totem). Mas tomado pela emoção do reencontro ele vai abraçar os filhos, enquanto a câmera foca no pião girando. Ele começa a perder o equilíbrio e o filme acaba com o pião ainda em pé. Pra quem não se lembra um totem é um objeto que a pessoa que irá invadir um sonho deve carregar consigo. As reais dimensões desse objeto só pode ser conhecido por esta pessoa, pois o totem é o responsável por fazer o discernimento do que é real e o que é um sonho. O pião de Cobb (que na verdade pertencia a sua esposa) gira continuamente no mundo dos sonhos e no mundo real é apenas um pião comum.

Com o corte do filme ainda com o pião rodando, mas perdendo o equilíbrio, muitos acreditam que Cobb não conseguiu sair do limbo. O que tornaria toda a sequência final, com o desembarque do avião e o reencontro com seus filhos, ainda parte de um sonho. Eu não acredito nessa teoria, pra mim eles conseguiram implantar a idéia em Robert e o que vamos ali é sim a realidade. Uma prova é que sempre que vemos Cobb no mundo dos sonhos ele usa a sua aliança de casamento. No avião, antes de serem sedados, a câmera dá um close na mão dele e não vemos a aliança. Nas cenas seguintes, dentro do sonho, podemos notar que ele está usando o anel. Outra prova é pelo fato de que ele finalmente pôde ver os rostos dos filhos. Lindinho por sinal.
Não tenho Alfinetada :)
Adorei o Filme


by Deise

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Me fez rir!

Não coloquei créditos pq achei assim na net :(
Clica na imagem que ela aumenta :)

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

O Aprendiz de Feiticeiro - Eu vi!

Recebi o convite para pré-estreia do Filme O Aprendiz de Feiticeiro (The Sorcerer’s Apprentice) a nova Aposta da Disney Pictures, e claro fui logo conferir.

O Aprendiz de Feiticeiro
titulo original: (The Sorcerer's Apprentice)
lançamento: 2010 (EUA)
direção: Jon Turteltaub
atores: Nicolas Cage (Balthazar Blake), Jay Baruchel (Dave Stutler), Monica Bellucci, Toby Kebbell
Alfred Molina (Maxim Horvarth)
duração: 101 min
gênero: Aventura
 
Tudo começou com um poema de Johann Wolfgang von Goethe, um grande escritor alemão, pensador e cientista naturalista que escreveu “Der Zauberlehrling”, a obra poética de 1797. O poema “14-stanza” de Goethe é narrado pelo próprio aprendiz, que, após ser deixado sozinho com seus apetrechos pelo seu velho feiticeiro, decide demonstrar de forma arrogante sua própria magia. O aprendiz ordena a uma velha vassoura coberta com trapos, com cabeça, dois braços e um balde na mão, prepare um banho para ele. A vassoura viva enche não só a banheira, mas todos os recipientes e tigelas e o aprendiz esquece a palavra mágica para fazê-la parar, acabando em meio a uma enorme enchente. O aprendiz ataca a pobre vassoura com um machado, partindo-a ao meio… o que resulta em duas vassouras vivas. O aprendiz é, por fim, salvo, literalmente, com o retorno do velho feiticeiro, que rapidamente manda a vassoura de volta para o armário de onde ela saiu, comandando que só saia de lá quando ele, seu verdadeiro mestre, a convocar novamente.

Nessa adaptação, o Dave preste a estourar o horário de seu encontro ordena a algumas vassouras q limpe tudo antes dela chegar, enquanto ele toma banho, é aí onde está toda a semelhança com o clássico, o lugar vira uma bagunça e fica todo alagado, ele ainda consegue dispensar a garota que chega pontualmente, mas não dá conta de um "contra-feitiço" e é aí que o Feiticeiro (Nicholas Cage adoro) chega pra salvar nosso mocinho.

Quatro décadas depois Walt Disney, cria uma versão animada de seu imortal Fantasia e escalando ninguém menos que Mickey Mouse no papel título de O Aprendiz de Feiticeiro (The Sorcerer’s Apprentice). O Aprendiz de Feiticeiro (The Sorcerer’s Apprentice) é geralmente considerado o melhor e mais adorado episódio entre todos.


Agora, 69 anos depois do lançamento de Fantasia, a Walt Disney Pictures e Jerry Bruckheimer Films criaram uma nova história para o cinema. Embora inspirados pelo que já foi feito antes, O Aprendiz de Feiticeiro (The Sorcerer’s Apprentice) de 2010 é uma aventura live-action inteiramente nova.
A mensagem permanece simples e divertida, porém a história mesmo, aquela que te faz querer até uma continuação deixou a desejar. “A história segue toda pegando atalhos, fazendo as coisas do jeito mais fácil, tentar realizar o desejo, que todos temos, de crescer um pouco rápido demais.

Eu amo o mundo da magia e diante desse momento vampiresco nada como renovar as tendências. Achei que seria extremamente empolgante, uma nova história ambientada no mundo moderno (esqueçamos um pouco Harry Potter), confesso que fui um pouquinho anciosa demais ver o filme.


E, embora o filme não seja um remake do clássico de Disney Fantasia, O Aprendiz de Feiticeiro (The Sorcerer’s Apprentice) presta uma homenagem a ele, um fato que não escapou ao diretor. “O Aprendiz de Feiticeiro (The Sorcerer’s Apprentice) tem uma forte marca Disney”, diz Turteltaub, “e eu logo soube que estaria lidando com algo que tinha que ser excelente, tinha que ser especial, que tinha que estar a altura de seu importante papel dentro da Disney e da história do cinema. Essa parte de Fantasia é tão marcante quanto quaisquer oito minutos já filmados, então fazer parte disso foi realmente eletrizante. Você pensa: “muito bem, como fazer isso” – “e é aí que toda a criatividade começa a fluir”.

Dave Stutler, um estudante universitário de Física que tenta conquistar Becky, a garota dos seus sonhos. O mundo de Dave vira de cabeça para baixo quando o excêntrico Balthazar Blake entra de repente em sua vida. Balthazar é um feiticeiro envolvido em uma batalha, que já dura séculos, entre os seguidores dos mais poderosos feiticeiros – o bom Merlin e a cruel Morgana – pela destruição ou salvação do mundo. Quando o arqui-inimigo e rival de longa data de Morgana, Maxim Horvath, ameaça não só Balthazar e Dave, mas o mundo inteiro, Balthazar recruta Dave como seu relutante protegido. Juntos, eles precisam deter Horvath e as forças morganianas.

Balthazar vem procurando em todo o mundo através dos séculos por seu aprendiz, e Dave tem que descobrir seu verdadeiro potencial como ser humano. Dave é um estudante muito sério, e não precisa, e nem quer, Balthazar em sua vida, ou ser um feiticeiro. Se alguém aparecesse na sua porta e dissesse que você é um feiticeiro, você também não acreditaria.
Mas ao longo da história você vê a amizade entre os dois se desenvolvendo porque Balthazar dá a Dave a confiança de que ele precisa, não apenas para ser um feiticeiro, mas também na vida pessoal.

Lopez explica: “O desafio foi como reinterpretar e mostrar isso na tela de uma maneira que as pessoas não tivessem visto antes. Dave Stutler é voltado para a ciência e é muito dedicado a suas experiências de física. Ele se dedica ao mundo racional e explica tudo em termos objetivos e científicos. E, então, ele é colocado junto de Balthazar, o feiticeiro, que vê tudo em termos mágicos? Esses dois mundos são, na verdade, um – a magia está para a física assim como a alquimia está para a química. Há uma frase crucial que Balthazar diz a Dave, que diz que tudo que eles fazem como feiticeiros está nas leis da física – ele só não conhece todas as leis, ainda. Essa é a ideia principal por trás da feitiçaria no filme. Eu adoro ciência, e acho que basear o filme dessa forma é inesperado e ficará muito eletrizante na tela”.

Não acontece do aprendiz crescer no papel e se tornar um feiticeiro. O feiticeiro não ensina ao aprendiz a fazer feitiçarias, só algumas práticas de defesa. Algo que levaria 10 anos para se aprender, deve ser ensinado em poucos dias.
Balthazar vem da ideia de botar a humanidade acima dele mesmo e de seu próprio amor, boa jogada do escritor para «herói» adorado. Esse é uma grande idéia, um guerreiro que luta pela humanidade há 1.000 anos.

Alfinetada:

A Disney não economizou nos efeitos especiais ok! Mas a filmagem super dá dor de cabeça, sabe aquela cena de luta, ou de ação que você quer ver tudinho? Então, deram um super zoom no rosto dos personagens e é aí que fica confuso, você fica sem saber o que está acontecendo «realmente». Tudo bem... não foi no filme todo mas foi em partes muito importantes. E a sensação que dá quando termina é q começou tem 10 minutos.

Só não vá com muita ansiedade.

by Deise
Fonte Disney

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Scorpions - Humanity (legendado)

Dia dos Pais sem um PAI

Confesso que essa época do ano, esse assunto me deprime!



A forma que tentoviver o momento é não o evitando. Tenho que falar sobre isso, e tem que doer e muito, assim me sinto viva, assim sei que sinto falta, e se não doesse... aí sim eu me preocuparia...
Perdi meu pai com 8 anos... e sinto muita saudades dele. Gostaria muito de lhe dar um grande beijo e um abraço desejando um Feliz dia dos Pais, ou até mesmo levar uma bronca dele por algum erro cometido. Mas não dá...

Você sabe como surgiu o Dia dos pais?

Ao que tudo indica, o Dia dos Pais tem uma origem bem semelhante ao Dia das Mães, e em ambas as datas a idéia inicial foi praticamente a mesma: criar datas para fortalecer os laços familiares e o respeito por aqueles que nos deram a vida.


Conta a história que em 1909, em Washington, Estados Unidos, Sonora Louise Smart Dodd, filha do veterano da guerra civil, John Bruce Dodd, ao ouvir um sermão dedicado às mães, teve a idéia de celebrar o Dia dos Pais. Ela queria homenagear seu próprio pai, que viu sua esposa falecer em 1898 ao dar a luz ao sexto filho, e que teve de criar o recém-nascido e seus outros cinco filhos sozinho. Algumas fontes de pesquisa dizem que o nome do pai de Sonora era William Jackson Smart, ao invés de John Bruce Dodd.
Já adulta, Sonora sentia-se orgulhosa de seu pai ao vê-lo superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém. Então, em 1910, Sonora enviou uma petição à Associação Ministerial de Spokane, cidade localizada em Washigton, Estados Unidos. E também pediu auxílio para uma Entidade de Jovens Cristãos da cidade. O primeiro Dia dos Pais norte-americano foi comemorado em 19 de junho daquele ano, aniversário do pai de Sonora. A rosa foi escolhida como símbolo do evento, sendo que as vermelhas eram dedicadas aos pais vivos e as brancas, aos falecidos.
A partir daí a comemoração difundiu-se da cidade de Spokane para todo o estado de Washington. Por fim, em 1924 o presidente Calvin Coolidge, apoiou a idéia de um Dia dos Pais nacional e, finalmente, em 1966, o presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial declarando o terceiro domingo de junho como o Dia dos Pais (alguns dizem que foi oficializada pelo presidente Richard Nixon em 1972).
No Brasil, a idéia de comemorar esta data partiu do publicitário Sylvio Bhering e foi festejada pela primeira vez no dia 14 de Agosto de 1953, dia de São Joaquim, patriarca da família.

Sua data foi alterada para o 2º domingo de agosto por motivos comerciais, ficando diferente da americana e européia.

Em outros países

Pelo menos onze países também comemoram o Dia dos Pais à sua maneira e tradição.

Na Itália, Espanha e Portugal, por exemplo, a festividade acontece no mesmo dia de São José, 19 de março. Apesar da ligação católica, essa data ganhou destaque por ser comercialmente interessante.

Reino Unido - No Reino Unido, o Dia dos Pais é comemorado no terceiro domingo de junho, sem muita festividade. Os ingleses não costumam se reunir em família, como no Brasil. É comum os filhos agradarem os pais com cartões, e não com presentes.

Argentina - A data na Argentina é festejada no terceiro domingo de junho com reuniões em família e presentes.

Grécia - Na Grécia, essa comemoração é recente e surgiu do embalo do Dia das Mães. Lá se comemora o Dia dos Pais em 21 de junho.

Portugal - A data é comemorada no dia 19 de março, mesmo dia que São José. Surgiu porque é comercialmente interessante. Os portugueses não dão muita importância para essa comemoração. (Meu Pai nasceu em portugal)

Canadá - O Dia dos Pais canadense é comemorado no dia 17 de junho. Não há muitas reuniões familiares, porque ainda é considerada uma data mais comercial. (Meu Pai se naturalizou canadense)

Alemanha - Na Alemanha não existe um dia oficial dos Pais. Os papais alemães comemoram seu dia no dia da Ascensão de Jesus (data variável conforme a Páscoa) . Eles costumam sair às ruas para andar de bicicleta e fazer piquenique.

Paraguai - A data é comemorada no segundo domingo de junho. Lá as festas são como no Brasil, reuniões em família e presentes.

Peru - O Dia dos Pais é comemorado no terceiro domingo de junho. Não é uma data muito especial para eles.

Austrália- A data é comemorada no segundo domingo de setembro, com muita publicidade.

África do Sul - A comemoração acontece no mesmo dia do Brasil, mas não é nada tradicional.

Rússia - Na Rússia não existe propriamente o Dia dos Pais. Lá os homens comemoram seu dia em 23 de fevereiro, chamada de "o dia do defensor da pátria" (Den Zaschitnika Otetchestva).

Independente do seu lado comercial, é uma data para ser muito comemorada, nem que seja para dizer um simples "Obrigado Papai, por vc existir" !


by Deise
Fonte Portal da Familia
Related Posts with Thumbnails